E lá vamos nós! Ou, “o que é um papista”?

By | 23 de dezembro de 2014

Por que “Papista”? Bem, a resposta mais simples é porque eu sou papista. Papista foi um termo criado pelos Anglicanos, e muito usado por todos os envolvidos na Reforma Protestante. É um termo que designa a nós católicos, que tem o Papa como seu principal bispo e líder da Igreja criada por Jesus Cristo. Não o uso como uma provocação, nem é minha intenção criar um blog especificamente contra o protestantismo. Mas o termo que eles criaram me cai bem, afinal.

Conservador? Acredito que tudo isso venha, inevitavelmente, atrelado ao simples fato de você ser um católico (quero crer, um que vive a ortodoxia), ainda que pejorativamente. Mas um católico de verdade, ou, como alguns dizem erradamente: “católico praticante”. Essa expressão deveria ser apenas uma besteira há muito descartada, mas, infelizmente, é o que gerações de pessoas nascidas em famílias católicas, que caíram nas garras do relativismo, produziram: gente que se diz católica mas escolhe que parte da doutrina segue. Gente que se dá autoridade o suficiente para nomear algo que elas chamam de “consciência” como seu guia. No mundo de hoje, aparentemente, não é preciso estudar; não é preciso entender o que é consciência; ou o que é apenas uma moda que se segue sem questionar. Aliás, podem questionar tudo, menos a sua tal consciência. Pois bem, ser católico é ser o que essas pessoas mais detestam, e os apelidos vêm naturalmente. Se assim o é, que assim seja. Mas, particularmente, eu só me chamo de católico.

Muito prazer! Seu irmão em Cristo, sob a proteção da Virgem Maria,

… um Papista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *